Paranaense é um dos melhores do breakdance

0

Bboy NeguinO bboy (dançarino de break) paranaense Fabiano Lopes, o Neguin, ficou em quarto lugar no Red Bull BC One, evento realizado em Nova York este ano e que elege os melhores do breakdance mundial. A vitória foi do francês Lilou, campeão pela segunda vez no campeonato mundial de bboys.

Aos 22 anos, Neguin representou o Brasil Red Bull BC One e concorreu com 16 participantes. Em suas performances, Neguin utilizou elementos da capoeira e do samba em e isso lhe deu vantagem sobre o português Lagaet, seu adversário na primeira batalha, e sobre o holandês Menno, derrotado na segunda disputa.

A derrota veio na semifinal contra o norte-americano Cloud, segundo colocado na classificação geral e que faz parte da trupe de dançarinos da cantora Madonna. “Esta é, sem dúvida, a maior competição entre bboys no mundo todo. Todos nós sonhamos estar aqui um dia”, disse Neguin.

Muçulmano
A grande final foi disputada entre o francês Lilou e o norte-americano Cloud. O francês levou o título pela segunda vez. “O melhor de ganhar esse cinturão é saber que já tenho um guardado em minha casa. É sempre um prazer participar deste evento e, vencê-lo aqui em Nova York, certamente tem um sabor especial para mim”, declarou o bicampeão que, ironicamente, usou nas batalhas uma camiseta que dizia “Sou muçulmano. Não entre em pânico”. A primeira conquista de Lilou foi no campeonato mundial realizado na Alemanha, em 2005.

O campeonato é realizado anualmente, cada vez em uma cidade diferente do mundo e, na edição deste ano em Nova York, foram assistidas por quase duas mil pessoas que lotaram o Hammerstein Ballroom em Manhattan. O Red Bull BC One também já foi realizado em Paris, Joanesburgo, Berlim e, em 2006, no Memorial da América Latina, em São Paulo.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA