Mostra Competitiva do 28º Festival de Dança de Joinville

0

Sexta tem dança de rua e contemporânea na última noite competitiva do Festival de Dança.

Palco do Centreventos Cau Hansen contará com 29 apresentações

A oitava e última noite da Mostra Competitiva do 28º Festival de Dança de Joinville contará com 29 apresentações. Nesta sexta, o palco do Centreventos Cau Hansen receberá companhias de dança contemporânea e dança de rua.

Para mostrar as melhores produções nacionais de street dance e técnicas contemporâneas, grupos de diferentes partes do País sobem ao palco e concorrem a duas das modalidades mais concorridas de todo o Festival.

A modalidade dança de rua conjunto avançada é a mais disputada de todo o evento – serão 13 companhias. Duas delas são joinvilenses: a Join Dance e a Casa do Hip Hop Arte Inclusiva, liderada por Eliseo Lemos e Juliana Crestani.

Os coreógrafos não se limitam a participar apenas uma ou duas vezes do Festival de Dança. Para eles, a graça é se transformar ano após ano, mostrando que a arte é uma recriação de si mesma e sempre haverá espaço para mensagens, subliminares ou bem escancaradas. Em 2010, a Join Dance apresentará o trabalho “Connection”, enquanto a Casa do Hip Hop Arte Inclusiva mostra “Movin’all Around”.

Já dança contemporânea solo masculino avançada, que também está bem disputada – com nove companhias – não tem nenhum joinvilense, mas dois representantes de Santa Catarina.

O Grupo de Dança Adriana Alcântara e o Grupo de Dança da Univali subirão ao palco nesta sexta. A categoria dança contemporânea trio avançada contará com o Grupo de Dança Fernando Lima, de Joinville. Em 2009, a companhia foi vencedora desta mesma categoria.

DANÇA CONTEMPORÂNEA SOLO FEMININO SÊNIOR
• Dac-Dança e Aperfeiçoamento Corporal (SP) – “Sentimento Antagônico”.
• Ballet Margô Brusa (RS) – “Gaudéria”.

DANÇA CONTEMPORÂNEA TRIO SÊNIOR
• Grupo Corpo Livre (SP) – “Três Formas…”.

DANÇA CONTEMPORÂNEA SOLO MASCULINO AVANÇADA
• Cia. Eliane Fetzer (PR) – “Por um Instante”.
• Grupo de Dança Adriana Alcântara (SC) – “Sala de Espera”.
• Grupo Ioa Dança (SP) – “Espasmos”.
• Cia. Nós da Rua (RJ) – “Delírio Visual”.
• Grupo de Dança Univali (SC) – “Re-significações”.
• Art Dança Espaço Cultural (RS) – “Consequência do Som parte V”.
• Escola Municipal de Bailado de Taboão da Serra (SP) – “Os Loucos Também Amam”.
• Soma3 Grupo de Dança (PR) – “Promenade”.
• “Os Meninos do Barão” – Abamba (SP) – “O Cisne”.

DANÇA CONTEMPORÂNEA TRIO AVANÇADA
• Grupo Corpo Livre (SP) – “Estar Insoluto”.
• Grupo de Dança Fernando Lima (SC) – “Retalhos”.
• Arte Movimento (MG) – “Dançando no Escuro”.

DANÇA DE RUA SOLO FEMININO SÊNIOR
• Escola de Dança Kahal (SP) – “Minha Utopia”.

DANÇA DE RUA CONJUNTO AVANÇADA
• Hip Hop Soul (SC) – “Movdanças”.
• Cia Join Dance (SC) – “Connection”.
• Projeto de Dança Primeira Impressão (SP) – “Vampiros”.
• Piratas de Rua (RS) – “Tribo Uantpi”.
• Cia. Nós da Rua (RJ) – “Vub – Vibração Urbana Brasileira”.
• Cia de Dança Kahal (SP) – “Êxodo”.
• Grupo Seed’ance (SC) – “Dando as Cartas”.
• Rota Brasil (DF) – “Nem Tudo que é Novo é Positivo nem Tudo que é Tradicional É Melhor a Mistura é o Rota quem Faz”.
• Grupo Street Extreme (PR) – “Caleidoscópio”.
• Casa do Hip Hop Arte Inclusiva (SC) – “Movin’all Round”.
• Grupo Mery Rosa (SC) – “Fôlego”.
• Cia de Dança Uniaraxa (MG) – “Club Mix”.
• Equipe Old’school (SP) – “De Volta às Nossas Origens”.

AN.COM.BR

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA