Home » Artistas » Bboys e Bgirls » A Dança de rua e seus benefícios

A Dança de rua e seus benefícios

Erick Hermes: Dança de Rua Original

TENHO ORGULHO DE SER UM B.BOY!

Breaking, B-boying, Break boy, Bronxs boy – estilo surgido na década de 70. Iniciou-se em Porto Rico, alastrou-se pelos jovens negros e hispânicos do Bronks – Nova York (EUA); e hoje no mundo todo, especialmente no Brasil. Dança composta pelo Top Rocky, Footwork e Freeze, Up Rock (Brooklyn Rock) – a evolução power Moving (movimento de energia) e acrobacias.

O break é a expressão dançante da cultura hip-hop. Os que dançam são chamados de b.boys, cujo seu significado é break boy, de Bronxs boy. Essa dança veio para dar um basta à violência praticada pelas gangues da época; pois os jovens, preocupados em se superar cada vez mais nos movimentos, esqueciam-se dos problemas e da violência originária das ruas. Foi assim que as rixas entre as gangues passaram a ter um sentido bem menos violento. O “racha” entre esses grupos sofreram uma grande modificação: quem dançasse melhor, vencia…




O footwork (trabalho com os pés) sempre foi uma das formas básicas de se dançar o break. No início da década de 70, no bairro do Bronxs, era básico fazer um início com top rock (início da dança) depois muitas variações de footwork e a seguir o freeze (congelado – final da dança).

Os latinos da época se destacavam pela utilização de “manobras” (acrobacias, saltos), que eram feitas entre o top rock e o footwork. Uma modificação marcante foi quando os movimentos giratórios contínuos chegaram e ganharam espaço, principalmente o backspin (giro de costas).

A Dança e seus benefícios

Na verdade a dança de rua se tornou uma filosofia de vida, onde várias pessoas levam o trabalho à serio (seja dentro do Brasil ou mundo afora), não só dançando, mas educando com a própria dança.

Existem grandes projetos, em escolas do estado, onde oficinas de dança de rua (b.boy) ajudam a melhorar as notas e desempenho dos alunos, comportamento e convívio social. Minha profissão é educar menores infratores em várias situações e tentar colocá-los de volta à sociedade com outro pensamento e atitude, tudo isso através da dança.

Esse projeto tem dado ótimos resultado até então. A dança traz vários benefícios ao ser humano: autoestima, saúde, pensamentos positivos, boa conduta… Por acaso alguém já viu um B.Boy sendo preso? Eu nunca vi e nem ouvi falar disso…

O que falta ainda em nossa cidade (Itu/SP), e em vários lugares do Brasil, é valorizar mais esta atividade que está sendo aprovada em muitos municípios e gerando ótimos resultados, como a diminuição do índice de criminalidade, sempre trazendo benefícios à saúde, etc.

A dança é minha vida, lembro que quando criança (eu tinha 12 anos) muita gente falava: isso é coisa de marginal, de quem não tem o que fazer. Hoje, pago as minhas contas com a própria dança, e ainda educo outras pessoas dançando. TENHO ORGULHO DE SER UM B.BOY!

Erick Hermes, mais conhecido como Molek Freak, iniciou sua carreira em 1983. Atua como professor de dança de rua e atualmente é arte educador da Fundação Casa de Sorocaba – SP. Aprecia esportes radicais e ginástica olímpica.

Contato:
molekfreak@hotmail.com
Mais informações:
www.myspace.com/molekfreak
www.interitubboys.blogspot.com

Fonte: itu.com.br

curso de dança de rua

3 comentários

  1. jAQUELINE DA SILVA TERRA

    OI B. GUIL GOSTO MUITO D ELER OS SEUS TEXTOS
    TEM MUITA INFORMACAO PRA CARAMBA
    E QUEM QUER REALMENTE EVOLUIR TEM QUE SABER TODA A TEORIA DA DANCA DE RUA.

    EU NAO SOU B. GIRL AINDA, MAS ESTOU CAMINHANDO PRA CHEGAR LA

    SE TIVER UMAS DICAS VC
    NAO PODE MANDAR POR E-MAIL ADORARIA RECEBER QUALQUER COISA
    QUE ENVOLVA ESSA CULTURA HIP HOP A CULTURA DA DANCA DE RUA

    AS COISAS REALMENTE ESTAO MUITO DIFICIL PRA MIM
    E RUIN QUE EU NAO AJUDA DA FAMILIA
    TO AK IATE AGORA PQ TENHO A AJUDA DOS AMIGOS E DE TODOS DO MEU GRUPO SER UNIDOS E UM LEMA PRA GENTE

    —-> HU-MANOS A.R.D.C**<—–

    vlw b. boy

    MAS MUITO OBRIGADO POR LER

    • Jaqueline, obrigado pelo comentário, fico feliz que você goste dos textos, e concordo com sua afirmação, precisamos realmente saber as teorias da dança de rua. isso nos torna importantes para nossa cultura.
      Sobre as dicas por email você pode cadastrar seu email no site, assim você receberá todas as dicas e atualizações do site.
      Enquanto na sua carreira como Bgirl, o caminho realmente é difícil mais ao final das contas é muito prazeroso, eu espero que você possa evoluir bastante e representar o universo feminino na dança de rua. Ah, adorei o lema de vocês!!!

      Fica na Paz e Evolução sempre!

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>