Espetáculo No alto da ua

0

O espetáculo “No alto da rua”, coreografia do premiadíssimo Mário Nascimento, com interpretação dos bailarinos do Grupo Impacto (Viçosa/MG), que cumpre curtíssima temporada no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro – Teatro Angel Vianna, mistura dança de rua, hip-hop e dança contemporânea. Ao som de Metallica e Racionais, os bailarinos contam uma história de superação que se confunde com a própria história do grupo: “Oito homens sobem as ruas ingrimes à procura de suas identidades. Unem-se num pacto de verdade, sem meias palavras. Ou você vai ou você fica. Neste mundo conturbado, só existe uma chance: Sobreviver!”

O Grupo Impacto – A história do Grupo Impacto começou quando um grupo de meninos da antiga Funabem – a Fundação de Bem-estar do Menor em Viçosa, interior de Minas Gerais – ganhou a chance de participar de um projeto de resgate da cidadania e da auto-estima por meio da arte. Os meninos, considerados difíceis e rebeldes, começaram então a freqüentar o Centro Experimental de Artes da Prefeitura de Viçosa – um projeto de inclusão social que virou referência de sucesso em todo o Brasil. Lá, aprenderam ou se aperfeiçoaram em street dance e aprenderam lições de convivência, disciplina para a arte e cidadania. O grupo saiu da marginalidade, ganhou confiança, apoio, começou apresentar-se em pequenos shows, saiu e passou a ser respeitado como artistas e bailarinos da Dança de Rua. Hoje, quase uma década depois, estes “meninos difíceis” se profissionalizaram e ganham a vida como bailarinos e professores de dança.

Desde a profissionalização, promovida com o apoio do Instituto Asas, ligado ao Núcleo de Arte e Dança de Viçosa e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, o Grupo Impacto participou de respeitados festivais de dança, conquistando prêmios importantes como Prêmio Cena Minas, dado pela Secretaria de Estado da Cultura de MG, em 2009.

Para Patrícia Lima, a diretora do grupo e responsável pelo projeto, o Impacto impressiona pela garra e vontade de dedicar-se à dança. “Os meninos têm entre 16 e 25 anos e são muito empenhados e dedicados a este projeto de profissionalização. Os bailarinos do projeto de profissionalização já estão atuando como monitores e professores multiplicando as oportunidades de resgate da cidadania para outros alunos de outros projetos sociais”.

Atualmente, o Grupo conta com dez bailarinos. Neste espetáculo contam com o apoio de Mário Nascimento, um dos maiores coreógrafos de dança contemporânea da atualidade. Encantado com o talento para a dança e a aptidão coreográfica dos bailarinos, Mário Nascimento enfrentou o desafio de atuar como diretor artístico do Grupo Impacto, misturando elementos das danças de rua e contemporânea. A mistura respeita as experiências do famoso coreógrafo e a vivência dos bailarinos nos movimentos da dança de rua.

O resultado é uma nova linguagem para a dança e um espetáculo surpreendente. Ao som de Metállica e Racionais, o espetáculo “No alto da rua” conta a história de superação do próprio grupo com profissionalismo e uma profusão de movimentos que tem lotado platéias na turnê por cidades mineiras.

Temporada: 23, 24 e 25 de setembro (únicas apresentações),de quinta a sábado, às 19h30, no Teatro Angel Vianna – Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro,Rua José Higino 115, Tijuca , Rio de Janeiro (RJ)- Tel.: (21)2238-2183 (bilheteria. Capacidade de público: 155 lugares (acesso facilitado para cadeirantes). Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). Duração: 60 minutos. Classificação: 12 anos. | Direção Coreográfica: Mário Nascimento | Direção Geral: Patrícia Lima | Bailarinos: Adriano Ramos, Alex Luiz, Cleison Lana, Jean Carlos, Luiz Felipe Gomes, Rafael Gregório, Rodrigo Abranches e Welligton Silva \ Produção e Assistência de direção: Ana Carol Camargo.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA