Teresópolis comemorou o Dia da Cultura

0

Inúmeros artistas se reuniram na Calçada da Fama na última sexta-feira, dia 5 de novembro, para comemorar o Dia Internacional da Cultura. A iniciativa, idealizada pelos agentes culturais de Teresópolis, teve apoio logístico da Secretaria de Cultura e despertou o interesse de quem passou pelo local, tanto pela quantidade, como pela diversidade das manifestações culturais apresentadas.

A tarde de festa incluiu apresentações de canto, dança, teatro e contação de histórias, que mostraram alguns dos muitos talentos que existem na cidade. As atividades começaram com os músicos Wendell e Alexandre, que se apresentaram fazendo um duo de teclado e sax. Liderado pelo professor Ayrton Rebello, o Grupo Mambemberê divertiu o público com interpretações de improviso, que fazem parte da técnica do teatro de rua. Pedro – O trovador mostrou um pouco de seu trabalho, assim como o Palhaço Furreca.

Depois disso, começaram as apresentações musicais, com a participação dos músicos Marcos André, Fernando Mello e Fausto Baptista. Apresentador do evento, o compositor e subsecretário de Cultura Ronaldo Fialho deu uma canja, cantando Teresa, sucesso de sua carreira. Alcir Passos também participou, mostrando um pouco da seresta, acompanhado de Ederlívio Malta e Denis Garcia.

O Grupo Top Street Dance chamou a atenção do público ao executar uma agitada coreografia de dança de rua. Professor de dança de salão, Marcello Rangel encantou ao se apresentar com dona Maria da Glória Lopes Coelho, de 80 anos. E logo depois, com a bailarina Richela Amaral. As atrizes Nara Zeitune e Andréa Sant’Anna divertiram crianças e adultos com o conto Bicho Curututu, peça do folclore brasileiro. E fechando a tarde, apresentações de samba e zouk, com a professora Faier Farias, da Cia Dança Comigo, Alair de Almeida e Richela Amaral.

A comemoração do Dia Internacional da Cultura teve ainda a participação do Espaço Cultural Lúdico-Pedagógico José Francisco Lippi, que montou um estande na Calçada da Fama, divulgando o trabalho da entidade Venda Nova.

Os artistas participantes ficaram satisfeitos com o resultado do trabalho.

“Tudo que for feito para lembrar a cultura é válido. Os artistas estão de parabéns, assim como a Secretaria de Cultura, que nos deu toda a infra-estrutura. Ótimo comemorar assim o Dia da Cultura. Seria muito bom se pudéssemos fazer disso uma prática”, disse o músico Fernando Mello. “A cultura é o grande elemento transformador da sociedade. Vale a pena investir e acreditar nisso. Para mim, foi um prazer participar desta festa”, comentou o violonista Marcos André.

“Muito bom. Excelente iniciativa. Gostaria de ver mais manifestações culturais como esta, permitindo que as pessoas tenham realmente acesso à cultura”, ressaltou a bailarina Richela Amaral.

Outros artistas também se manifestaram. “Parabéns à Secretaria de Cultura pelo evento. Vim aqui participar e adorei. A dança de rua é cultura de rua, é cultura popular. Uma iniciativa excelente e que merece aplausos por reunir tantas modalidades”, comentou o professor de street dance, Marcelo Cruz.

“Perfeito. Um dia como este permite aproximar a população dos artistas, permite que os artistas mostrem seu trabalho, enfim, permite o acesso. Teresópolis está fazendo seu dever de casa e tínhamos mesmo que estar aqui hoje comemorando o Dia da Cultura”, concluiu a atriz Nara Zeitune.

Para o secretário de Cultura, Wanderley Peres, além de pontuar a importante data, a manifestação serviu, também, para mobilizar a classe artística.

“O trabalho do gestor da cultura se torna muito mais fácil quando existe o entrosamento dos que fazem a cultura. Não poderíamos deixar passar a data em branco e todos entenderam a proposta, o que permitiu uma comemoração democrática, alegre e diversificada pelo Dia da Cultura”, comemorou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA