Lagaet vence eliminatória Red Bull BC One 2011

0

Lagaet tem fibra de gladiador, embora o tenha provado não numa arena romana, mas num Teatro Grego. Os seus movimentos são b-boying em estado puro e a sua estamina faz-se sobretudo de vontade de vencer. E a verdade, é que no Qualifier de Barcelona que garantia um lugar no final da Red Bull BC One em São Petersburgo ninguém conseguiu superar Lagaet. O guerreiro que ostentava as cores portuguesas voou simplesmente mais alto do que todos os outros.

Foi ontem à noite, no magnífico espaço do Teatre Grec em Barcelona, Espanha, que o b-boy Lagaet, em representação da portuguesa Momentum Crew, conquistou a classificativa que o coloca na rota de São Petersburgo, onde se realizará em Novembro próximo a edição 2011 da Red Bull BC One, a mais prestigiada batalha «one on one» do universo do b-boying.

No fantástico espaço do anfiteatro Grec, que durante o mês de Julho organiza um festival de artes em Barcelona onde se integrou a classificativa da Europa para a Red Bull BC One, mais de 1400 pessoas, incluindo representantes da comunidade de b-boys de toda a Europa, vibraram com as incríveis prestações de 16 b-boys que procuravam um dos cinco lugares disponíveis para a grande final que se realizará este ano na Rússia.

bboy_LagaetOs b-boys Airdit (Alemanha), Armstrong (Irlanda), Khalil (França), Bruce Almighty (Portugal), Chey (Espanha), EzMike (Suíça), Grazy (Espanha), Hurricane Ray (Holanda), Kido (Holanda), Lagaet (Portugal), Lawson (Bélgica), Menno (Holanda), Niggaz (França), Soso (França), Sunni (Inglaterra) e Xisco (Holanda) apresentaram-se em rondas previamente sorteadas perante um júri composto pelos prestigiados b-boys Extremo (representante da Espanha), Vartan (da Alemanha) e Ronnie (campeão da Red Bull BC One em 2007 e representante dos Estados Unidos).

As votações foram quase sempre unânimes e deram a vitória a Lagaet nas batalhas sobre EzMike, Niggaz e Khalil colocando-o na final contra Menno, o b-boy que eliminou o outro representante de Portugal, Bruce Almighty, logo na primeira ronda. O nível das prestações foi de altíssimo nível e deu para perceber que a atmosfera era absolutamente eléctrica na verdadeira arena do Teatre Grec: os power moves arrancaram «uaus» da eufórica assistência, mas a originalidade, o flow, a atitude e o carisma de cada b-boy foram igualmente cruciais para o desfecho de cada batalha. Todos estes guerreiros largaram sangue suor e lágrimas na arena do Teatre Grec. E o público rendeu-se.

No final, Lagaet, que esteve já na final da Red Bull BC One em 2009, confessou que tudo se conjugou a seu favor: «nestas batalhas os pormenores são importantes e penso que tive sorte com o chão, com o ambiente, com a música. O nível dos b-boys era muito elevado, qualquer um podia ter-se sagrado vencedor, mas penso que o júri percebeu a minha sede de vitória porque eu nunca esperei que os meus adversários entrassem primeiro. Fui sempre eu que dei o primeiro passo. Estava confiante». E a confiança surtiu resultados.

Uma actuação dos espanhóis Delahoja, quatro MCs e um DJ com uma notável noção de espectáculo, e a música de DJ Timber, breaks seleccionados com alma por um DJ que entende o que faz vibrar um verdadeiro b-boy, complementaram o espectáculo que sagrou Lagaet como vencedor da classificativa de Espanha. Este gladiador moderno vai levar as cores de Portugal, que fez questão de vestir em todas as batalhas realizadas ontem, até São Petersburgo, na Rússia, no próximo dia 26 de Novembro. Uma recompensa justa para o nível cada vez mais elevado da cultura de b-boying em Portugal.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here