Conheça a D'Soul, Crew de Dança de Rua de Cuiabá

0

DANÇA DE RUA BRASIL Domingo, no DeRolê espacial Break, a equipe de reportagem da Favela Comunicação, conversou com as meninas do grupo D’Soul, que é uma crew de dança de Rua de Cuiabá que se apresentou em umas das ações que comemoram aniversário de Cuiabá.

A crew é formada por Ingridi Beatriz, Laura Rossi, Stefani Cássia e Marcelene Maria. Elas têm entre 15 e 32 anos e estudam dança desde crianças. D’ Soul é um grupo profissional e venceu a etapa regional do Festival de Dança de Rua Passo de Arte, que busca novos talentos de dança pelo pais.

Com viagem marcada para o segundo semestre, elas correm atrás de patrocínio, pois o festival acontece em Indaiatuba SP, e elas não dispõem (ainda) de recursos suficientes.

Balé, dança contemporânea, teatro são as influências do grupo, que busca se profissionalizar cada vez mais, participando de work shops, seminários e concursos. A profissionalização da crew segundo Marcelene Maria, uma das integrantes, é uma forma de ser auto gestionárias.

Ingrid Beatriz, que tem 19 anos, explica que a crew aqui em Cuiabá è formada por 4 pessoas, porém, outros dançarinos de Mato Grosso do Sul, Rondonópolis, São Paulo, e outros lugares do pais integram a equipe.

È bacana saber que os grupos estão se profissionalizando, e assim contribuindo na estruturação da cena hip hop em Cuiabá.

Curiosidades – A dança de rua teve suas primeiras manifestações nos Estados Unidos, na conhecida crise de 1929, onde dançarinos dos cabarés ficaram desempregados e foram fazer shows na rua. Dança de rua, que somada a cultura hip hop, originou o Break que por sua vez traz consigo pegadas de dança mais pesadas, oriundas da musicalidade dos Mc’s, enquanto que a dança de rua, utiliza-se de linguagens corporais do Jazz.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here