Bboy NeguinO bboy (dançarino de break) paranaense Fabiano Lopes, o Neguin, ficou em quarto lugar no Red Bull BC One, evento realizado em Nova York este ano e que elege os melhores do breakdance mundial. A vitória foi do francês Lilou, campeão pela segunda vez no campeonato mundial de bboys.

Aos 22 anos, Neguin representou o Brasil Red Bull BC One e concorreu com 16 participantes. Em suas performances, Neguin utilizou elementos da capoeira e do samba em e isso lhe deu vantagem sobre o português Lagaet, seu adversário na primeira batalha, e sobre o holandês Menno, derrotado na segunda disputa.

A derrota veio na semifinal contra o norte-americano Cloud, segundo colocado na classificação geral e que faz parte da trupe de dançarinos da cantora Madonna. “Esta é, sem dúvida, a maior competição entre bboys no mundo todo. Todos nós sonhamos estar aqui um dia”, disse Neguin.

Muçulmano
A grande final foi disputada entre o francês Lilou e o norte-americano Cloud. O francês levou o título pela segunda vez. “O melhor de ganhar esse cinturão é saber que já tenho um guardado em minha casa. É sempre um prazer participar deste evento e, vencê-lo aqui em Nova York, certamente tem um sabor especial para mim”, declarou o bicampeão que, ironicamente, usou nas batalhas uma camiseta que dizia “Sou muçulmano. Não entre em pânico”. A primeira conquista de Lilou foi no campeonato mundial realizado na Alemanha, em 2005.

O campeonato é realizado anualmente, cada vez em uma cidade diferente do mundo e, na edição deste ano em Nova York, foram assistidas por quase duas mil pessoas que lotaram o Hammerstein Ballroom em Manhattan. O Red Bull BC One também já foi realizado em Paris, Joanesburgo, Berlim e, em 2006, no Memorial da América Latina, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here