Dança de Rua BrasilB.boys e B.girls de diferentes cidades da Bahia reúnem-se no dia 28 de março (domingo), às 13h no Teatro do Irdeb (fim de linha da Federação, Salvador) para a eliminatória da 3ª Batalha de Break – Evolução Hip Hop, com apresentação de grupos de RAP e discotecagem com Dj Bandido. A final acontecerá no dia 04 de abril (domingo), às 15h, no Palco Principal do Teatro Vila Velha.

Disputada em duplas no formato 2×2 no estilo b.boy, a batalha conta com três jurados, David Saide (USA) Tijolim (Ceara) e Nino (Pernambuco), e tem R$ 4.500.00 em prêmios que serão divididos para o 1º, 2º e 3º lugar. Além de troféus e medalhas.

A 3ª Batalha de Break – Evolução HipHop que já se consolidou na programação oficial do mês da dança no Teatro Vila Velha, busca incentivar o fortalecimento da dança de rua como uma linguagem artística e promover intercâmbio de artistas de breakdancing com dançarinos das mais variadas técnicas. Além de ser uma das ações da Mostra HipHop em Movimento que acontece nos dias 03 e 04 de abril no Teatro Vila velha, dentro da programação do Festival Internacional Vivadança.

Breakdancing em Salvador – As primeiras roda de break em Salvador começou a ser realizada na década de 80, no centro histórico (pelourinho), pelo dançarino “Roque”, que até então, apenas imitava passos de Michael Jakson.

Com o passar do tempo, a cultura hip-hop evoluiu na Bahia. O B.Boy Ananias, integrante do grupo Independente de Rua criou uma nova aparelhagem de som e reuniu diversos b.boys e b.girls no ano de 2002, na Praça da Sé, local que até hoje é o ponto de encontro de b.boys e b.girls na cidade, toda as tercas-feiras às 20h. A partir de então, surgiram as batalhas de break e oficinas em diversos bairros da cidade.

Programação completa: http://www.irdeb.ba.gov.br/evolucaohiphop/?page_id=969

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here