As 11 escolas que participaram do Festival de Danças Escolares na 26ª Oktoberfest e Feirasul arrancaram aplausos do público presente no Pavilhão Central do parque da Festa da Alegria. As apresentações contaram com as modalidades de chula, danças afro, latina, tango, gauchescas, dança livre, além de dança de rua. Participaram educandários de Rio Pardo, Venâncio Aires, Santa Cruz do Sul, Encruzilhada do Sul, Sinimbu, Pantano Grande, Candelária e Rosário do Sul.

Mesmo presente na maior festa em estilo germânico do Rio Grande do Sul, o evento reuniu diversas culturas. Segundo a coordenadora do evento, Denise Kerber, todas as escolas mostraram que é possível envolver outras culturas e conhecimentos na festa caracterizada pelo ritmo alemão e de bandinhas. “Os estudantes trouxeram aos visitantes da Oktoberfest as técnicas do aprendizado na dança de cada uma das instituições que representam. Foi um espetáculo muito encantador”, comemora.

A intenção é repetir o festival no próximo ano durante a Oktoberfest. “É uma proposta que testamos nesta edição da Oktoberfest e com certeza contribui muito com a programação e acredito que podemos repensar para o próximo ano e até aumentar o número de escolas participantes”, complementa.

O Festival de Danças contou com escolas particulares, estaduais e municipais. Cada uma das representações teve, em média, 20 alunos. No entanto, o espetáculo Brasil, de tudo um pouco…, da Escola Estadual de Ensino Médio Plácido de Castro, de Rosário do Sul, trouxe, além de toda a estrutura para a apresentação, 50 integrantes que entraram na pista do Pavilhão Central.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here