Brasil Hip Hop, o mundo do Hip Hop Brasileiro, para você amante do Hip Hop. Performances dos bboys e bgirls do nosso brasil.
Todos os elementos aqui, Rap, Break, Graffiti e DJ.

BRASIL HIP HOP

Um dos principais grupos de rap e hip hop brasileiros, surgiu no final da década de 80 na periferia de São Paulo com um discurso contra a opressão às populações marginalizadas nas grandes metrópoles brasileiras. A primeira gravação foi em 1988, na coletânea “Consciência Black”. Dois anos depois, o primeiro disco solo, “Holocausto Urbano” levou o grupo a fazer uma série de shows pela Grande São Paulo, tornando-o mais conhecido. Em 1991 abriram para o show do grupo norte-americano Public Enemy, um dos pioneiros e mais famosos grupos de hip hop. A partir de 1992 os integrantes dos Racionais passaram a desenvolver um trabalho voltado para comunidades pobres da periferia, fazendo palestras em escolas sobre drogas e violência policial, racismo e outros temas. Combativos, em suas letras procuram passar uma postura até mesmo agressiva contra a submissão e a miséria, usando a linguagem da periferia, com gírias e expressões típicas. No final de 1994 um show no Vale do Anhangabaú, no centro de São Paulo, acabou em confusão e quebra-quebra quando os integrantes do grupo foram presos pela polícia sob acusação de incitação à violência. A violência policial é um dos temas mais constantes nas letras dos Racionais. O disco “Sobrevivendo no Inferno” levou o sucesso do grupo a um outro patamar, alcançando a marca das 500 mil cópias vendidas. No entanto, o conjunto adota uma postura dúbia em relação à mídia e à indústria fonográfica, que dizem ser parte do sistema que combatem. Algumas músicas dos Racionais são “Fim de Semana no Parque”, “Pânico na Zona Sul”; Mulheres Vulgares”, “Hey Boy”, “Diário de um Detento”, “Fórmula Mágica da Paz”, “Homem na Estrada”. A formação do grupo é com Mano Brown, Edy Rock, Ice Blue e Kl Jay.
Fonte:Noticiário Periférico

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPiauí Pop
Próximo artigoRap de Minas Gerais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here