O hip hop lírico é uma versão mais fluida e interpretativa do hip hop new style, sendo que na maioria das vezes é dançada ao som de um rap ou um R&B contemporâneo. A coreógrafa Kate Prince descreve-o como um “hip hop com emoção”. O hip hop lírico concentra-se mais na coreografia e em performances, e menos em freestyle e batalhas. Ele ganhou sua primeira exposição mainstream na quarta temporada do reality show So You Think You Can Dance. O termo atual é creditado a Adam Shankman, um coreógrafo e jurado do programa, que fez um comentário em relação a coreografia de Tabitha and Napoleon D’umo com base na música “Bleeding Love” de Leona Lewis.

Devido ao comentário de Shankman e os trabalhos posteriores de Tabitha e Napoleon nas temporadas 4 e 5, este grupo é creditado como o inventor do estilo. De acordo com a revista Dance Spirit, o que diferencia o hip hop lírico do padrão é que neste os dançarinos interpretam a batida de um outro modo.

O que faz o hip hop lírico original é que os movimentos da dança tentam explicar a história de uma canção. Ocorrem “isolamentos” (especialmente do tórax), movimentos lentos e fluidos, que transformam isto num estilo inspirado pelo contemporâneo. Não, isto não é o popping, é diferente. Os dançarinos são obrigados a ver como estão realizando os movimentos, para nada sair errado.

Apesar de Tabitha e Napoleon serem creditadas como os criadores do hip hop lírico, outros coreógrafos desenvolveram o mesmo estilo de dança em diferentes países, nas versões irmãs de So You Think You Can Dance, na Polônia, na Noruega, e no Reino Unido.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here