Dançando depois dos 30

0

Dançando depois dos 30 Faz bem para o corpo, faz bem para a mente!
Exatamente, o festival de dança de Joinville, faz tudo isso, inclusive para simples mortais, como eu, que não participa do evento, simplesmente prestigia.
Ficar no meio de tanta energia “dançante” faz bem para o corpo e para mente. Joinville respira e transpira dança, a cidade se transforma num enorme palco e recebe milhares de dançarinos e muitos, muitos visitantes,(tenho que abrir um parênteses para dizer que a cidade está muito bonita, colorida e bem estruturada).
Como não tenho “cacife” para participar e muito menos competir no festival, fui dar uma voltinha na Feira da Sapatilha, e tenho que confessar, é uma perdição, as mais famosas marcar de roupas e acessórios, um quiosque cheio de livros sobre dança e para finalizar, e não deixar você nem pensar em sair de lá de dentro, um palco com apresentações de vários estilos de dança quase o tempo todo. Bom, e o que falar da mostra competitiva… emocionante, é claro que fui assistir as apresentações de dança de rua, mas nesta mesma noite teve dança contemporânea, fiquei apaixonada! É claro que depois desta experiência, mesmo que tardia, não faltarei a mais nenhum festival. Vale a pena conferir.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here