Fundação de Cultura promove oficina de dança de rua gratuita com Paulo Azevedo

0

Campo Grande (MS) – A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul realiza neste fim de semana (dias 9 e 10 de julho) a oficina “Dança de Rua: possibilidades de gestão, criação e autonomia”, ministrada pelo professor e coreógrafo Paulo Azevedo, do Rio de Janeiro. As aulas acontecem no mezanino do Memorial da Cultura, na Capital.

A oficina experimenta as possibilidades criativas da dança de rua, alternando as reflexões e as práticas que se criam na gestão dos projetos e autonomia dos coletivos e artistas envolvidos. Para isso, utiliza conversações, debates e práticas orientadas por meio de jogos, laboratórios de criação e aulas tradicionais. O conteúdo é teórico e prático com ações de vídeoprojeção.

As aulas trabalharão metodologias aplicadas à dança de rua, exercício crítico do “palco” e o trânsito de linguagens, processos criativos, espaço urbano e criação, mercado, circulação e autonomia aos coletivos. Entre o público alvo estão artistas do corpo, bailarinos e professores de dança de rua, assim como gestores e educadores de espaços culturais, projetos sociais, pontos de cultura.

Paulo Azevedo é mestre em Políticas Sociais e graduado em Educação Física pela UERJ. É diretor artístico, escritor, professor e coreógrafo. Atuou na direção do Centro Integrado de Estudos do Movimento Hip Hop (CIEM.h2) entre 2005 a maio de 2011.

Dentre os coletivos dirigidos destaque para a D.I companhia de dança, a banda ART.1 (atualmente o grupo se chama Gambiaha) e a Companhia e Escola de Formação em Dança Membros.

Os trabalhos, utilizados como espaços de criação, pesquisa e fomento a formação e participação política da juventude em Macaé (RJ), resultaram em 4 livros e em apresentações em 20 países. Atualmente é colaborador do site idanca.net, escrevendo sobre diversas questões da cultura hip hop.

Serviço:

A oficina “Dança de Rua: possibilidades de gestão, criação e autonomia” acontece nos dias 9 e 10 de julho, das 8h às 12h e 14h às 18h no Mezanino do Memorial da Cultura e Cidadania.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here